terça-feira, 24 de novembro de 2009

37 - Omega


Não me falem do Amor.
Só por hoje.
Quero ficar calada, trancada
Em canto escuro
De olhos fechados

Recolhida, encolhida
Gritando em silêncio
Todo o meu desespero
Reclamando em pensamento
Toda a minha tristeza.

Nada de Luz,
Se pudesse, nada de treva
Porque mesmo o escuro
Trás lembranças e dói.
Dói tanto!

Hoje nem Vida, nem morte
Hoje nada.
Hoje. Só hoje.
Por favor,
Não me falem do Amor...


4 comentários:

Giane disse...

Deixem-me só com meu pesar...

Kampos e sua Vida de Leiturista disse...

Saudações!

Agradeço muito as palavras de apoio! Agora é correr atrás para divulgar mais o livro!
Abraços!
Kampos

CGS disse...

Há dias em que tudo nos é negro. Mas mesmo no mais escuro dos breus aparece uma luz para nos falar do que nos parece perdido.
Mil beijos.

Priscila Rôde disse...

Mesmo quando não queremos,
falamos de amor!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails